Pages

sexta-feira, 17 de junho de 2011

É hora de Desistir!


Quando nos cansamos, a alternativa é uma: desistir. Assim, quero nesse singelo texto fazer a minha lista de desistência

1. Desisto de querer controlar tudo em minha vida para confiar bem mais na graça maravilhosa de Deus;
2. Desisto de viver a vida na linha da mediocridade para ser mais ativo nos relacionamentos e na influência de pessoas;
3. Desisto de achar que tudo conspira contra a minha vida e que as pessoas estão sempre falando de mim;
4. Desisto de viver uma vida cristã sem compromisso com a realidade social;
5. Desisto de achar que a minha pretensa vida santa é o que as pessoas precisam para serem melhores;
6. Desisto de querer uma igreja que seja do meu jeito para assumir o fato de que eu sou e faço a igreja;
7. Desisto de pensar que o problema da igreja é por causa daquele que não vem ou não se interessa por ela. O problema da igreja sou eu;
8. Desisto de ser mero expectador da obra de Deus para me lançar como autêntico ceifeiro na seara;
9. Desisto de achar que as músicas evangélicas são os fundamentos da minha fé. Elas me motivam, mas não são mais que motivações;
10. Desisto de perceber a igreja como uma empresa para vê-la, tão somente, como um organismo vivo formado por pessoas contraditórias como eu;
11. Desisto de viver uma vida espiritual fria e sem vigor para abraçar a experiência de um coração aquecido e de uma mente esclarecida;
12. Desisto de jogar a culpa no outro, pois a ausência de êxito de dá pela minha falta de dedicação;
13. Desisto de cargos, posições e status, pois o mais importante é o serviço na dimensão do Reino, não importa onde;
14. Desisto de orar somente pedindo para orar agradecendo;
15. Desisto de orar pedindo o amor para vivê-lo radicalmente no cotidiano;
16. Desisto de ser um membro da igreja para ser autêntico cristão no mundo;
17. Desisto de ver os milagres de Deus para crer no Deus que opera em nós tanto o querer como o efetuar;
18. Desisto de ir à igreja por obrigação para ir com alegria;
19. Desisto de criticar as pessoas para estabelecer uma autocrítica;
20. Desisto de abraçar meu ego para ser mais solícito e altruísta;
21. Desisto, enfim, de desistir, pois quero continuamente renascer para a esperança. Cristo me ajudando, me motivando, me agraciando. Assim seja para com todos nós.

Moisés Coppe.